06
OUT

No Brasil ignoramos os grandes artistas da América Latina. Imaginamos que estamos sozinhos neste imenso continente e deixamos de conhecer gênios como o cantor uruguaio Alfredo Zitarrosa, milongueiro amado e admirado por todos os outros povos desta nossa América. O também uruguaio escritor Eduardo Galeano conta esta bela história:

Quando Alfredo Zitarrosa morreu em Montevidéu, seu amigo Juceca subiu com ele até os portões do Paraíso, para não deixá-lo sozinho naqueles trâmites. E quando voltou, Juceca nos contou o que havia escutado.

São Pedro perguntou nome, idade, ofício.                                                                                                              -Cantor - disse Alfredo.

São Pedro não conhecia. Foi picado pela curiosidade e ordenou:                                                                                     -Canta alguma coisa

Alfredo cantou. Uma milonga, duas, cem. São Pedro queria que aquilo não acabasse nunca. A voz de Alfredo, que tanto tinha feito vibrar os chãos, estava fazendo vibrar os céus.

E Deus, que andava por ali pastoreando nuvens, esticou a orelha. E Juceca contou que aquela foi a única vez em que Deus não conseguiu saber quem era Deus.

Pois vejam e ouçam Alfredo Zitarrosa pra aplacar um pouco a ignorância que nos assola sobre nossos irmãos latino americanos.

Sobre o Blog

Leia o Artigo Zero e conheça Marcos Fayad e a proposta do blog Pensar Não Dói.

Siga o Marcos Fayad

 

Arquivo de Posts

 

 


2011. Pensar Não Dói - Blog do ator e diretor Marcos Fayad. Reprodução permitida desde que citada a fonte.
contato@pensarnaodoi.com.br